Blog

  • Julio Cesar França Franco

PERFUME DO CORAÇÃO

"

O mestre reuniu-se com seu discípulo preferido, e perguntou como ia seu progresso espiritual. O discípulo respondeu que estava conseguindo dedicar a Deus todos os momentos de seu dia.


“Então, falta apenas perdoar os seus inimigos”, disse o mestre.


O discípulo virou-se, chocado: “mas eu não preciso! Não tenho raiva de meus inimigos!”.


“Você acha que Deus tem raiva de você?”


“Claro que não!”, respondeu o discípulo.


“E mesmo assim você pede seu perdão, não é verdade? Faça o mesmo com seus inimigos, mesmo que não sinta ódio por eles. Quem perdoa, está lavando e perfumando o próprio coração”.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo