Blog

  • Julio Cesar França Franco

O caminho do meio



"O monge Lucas, acompanhado de um discípulo, atravessava uma aldeia. Um velho perguntou ao asceta: “Santo homem, como me aproximo de Deus?” “Divirta-se. Louve o Criador com sua alegria”, foi a resposta. Os dois continuaram a caminhar. Neste momento, um jovem aproximou-se. “O que faço para me aproximar de Deus?” “Não se divirta tanto”, disse Lucas. Quando o jovem partiu, o discípulo comentou: “parece que o senhor não sabe direito se devemos ou não devemos nos divertir”. “A busca espiritual é uma ponte sem corrimão atravessando um abismo”, respondeu Lucas. “Se alguém está muito perto do lado direito, eu digo 'para a esquerda!' Se aproximam-se do lado esquerdo, eu digo 'para a direita!'. Os extremos nos afastam do caminho”.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo