A nossa missão é informar para transformar.

(62) 98182-3830

(62) 99671-6111

 

Goiânia-GO

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

© 2015 Palestrante Julio Cesar - Todos os direitos reservados

Blog

  • Julio Cesar França Franco

Nosso calcanhar de Aquiles

Atualizado: 14 de Fev de 2018

Calcanhar de Aquiles é uma expressão popular que significa o ponto fraco de alguém e transmite a ideia de fraqueza e vulnerabilidade. É o ponto onde uma pessoa se sente mais frágil, não possuindo domínio suficiente para controlar uma determinada situação.

Desde os primórdios da humanidade surgiram líderes que dominaram nações inteiras recordemos:

Câmbises rei dos persas, Caio Julio César grande imperador de Roma, Alexandre magno da macedônia, Aníbal o cartaginês, Tamerlão, Gengis Khan, Napoleão, e tantos outros cada qual com seu estilo de liderar e comandar seus exércitos.

Sempre amei estudar história e ler sobre estratégias e mentes brilhantes no comando de seus povos, embora sabemos que o uso da força era uma constante para se obter êxito.

Sou encantado particularmente por Marco Túlio Cícero uma pilastra moral em Roma, dizia ele:

“A honra é o maior presente que um homem pode dar a si mesmo.”

Servi o exército no ano de 1985 na época da ditadura e confesso aprendi muito com meus comandantes valores da pátria que só se conquista quando se enverga uma farda.

Volto os olhos para o ano de 2015 e me pergunto onde estão nossas lideranças?

O que estamos fazendo com o nosso país?

Pra onde caminhamos?

Vivemos uma crise ética, crise de confiança, crise de representatividade, crise política.... Ufa, crise e mais crise.

Com certeza por hora temos um abismo de incertezas diante de nós. De que matéria prima é feita hoje nossos comandantes? Em que local se encontra nosso senso crítico? O que foi feito dos valores que recebemos de nossos pais, avós e professores?

Recordemos algumas frases que ouvimos quando éramos pequenos:

Nunca pegue o que não é seu;

Não faça aos outros o que não gostaria que te fosse feito;

Proteja seus colegas mais fracos;

Divida seu lanche com quem não tiver o que comer;

Não deixe comida no prato;

Antes de comer lave suas mãos;

Coma de boca fechada;

Não bata a porta quando sair;

Cuide de seu irmão mais novo;

Quando for sair e demorar me avise aonde você vai, e com quem;

Respeite seus professores;

Sempre agradeça as pessoas que te servirem;

Dê sempre o seu melhor e nunca desista;

Confie em deus, mas faça da sua parte.

Sua vitória meu filho é a minha vitória, sua derrota também.

Basta ligar a televisão e vemos valores rasgados e lançados em lamaçais. Fui criado em escolas que me deram uma base cristã, e em uma família que me deu sustentação ética, moral e cultural.

Acredito que a liderança surge na infância, quando você deixa a criança torcer para o time do coração, vestir a roupa que mais gosta, criar desde pequeno hábitos saudáveis, tendo respeito e admiração aos mais velhos, criando um universo de meritocracia pelo bem praticado e por deveres realizados.

Evoluir não é um processo alopático e sim homeopático, gota a gota, vamos assimilando valores, desenvolvendo gostos refinados, e criando padrões comportamentais inoxidáveis que não enferrujam com a ação corrosiva do tempo.

O momento é bem desagreste, nunca padecemos tanto a falta de líderes, ética e de moral. Em todos os setores vivemos um deserto de incertezas, como faremos o caminho de volta?

Jovens que vivem uma geração de plástico tudo descartável, matam por um par de tênis ou um celular, e depois postam o vídeo pútrido como se tivesse eliminado um inseto.

Todos os dias somos concitados a ouvir, ler e assistir um desfile macabro de políticos que lesionam a pátria e mudam o curso da história para algo nefasto, empobrecem mais nosso povo já tão sofrido com atos tresloucados e comportamento antiético.



17 visualizações