Blog

  • Julio Cesar França Franco

Lições campestres de liderança


"

Há algumas semanas atrás assisti, no globo rural de domingo uma lição de liderança a partir da interação entre um domador de cavalos e o próprio.

O domador, ao ensinar as primeiras lições de arrear o animal, explica que é importante pegar na rédea sim, porém na rédea da comunicação. E comenta sobre a importância da gentileza, da não agressão. Mesmo porque não se pode obrigar o animal a fazer algo mesmo com a utilização de violência. Se não funciona com animais, por que deveria funcionar com seres humanos? Confiança não se obtém dessa forma. Além disso, achei interessante quando o domador disse que para haver aproximação tem que haver afastamento.

Esse programa me conectou com outro similiar que assisti há alguns anos atrás e que se não me falha a memória sua intenção foi a de mostrar os pontos abaixo:

O cavaleiro é bom quando, por meio do chicote, o cavalo percebe quem manda e obedece a ele. Isso qualquer chefe faz.

O cavaleiro é melhor ainda quando ao mostrar o chicote, o cavalo obedece. Aqui já indícios da teoria da comunicação-reforço.

O cavaleiro é ótimo quando o cavalo, ao ouvir o som do chicote, obedece de pronto. Neste caso, o líder já conquistou a confiança pois os sinais que ele emite são percebidos e entendidos.

Entretanto, o líder eficaz e excelente é quando o grupo o entende só pelo olhar. Tanto líder quanto liderados se conhecem muito bem.

Muitos podem argumentar que cavaleiro não é líder e cavalo não é trabalhador, mas há vários aspectos para se refletir diante dessa analogia entre a comunicação de líder com liderados. "

Escrito por Alberto Ruggiero

0 visualização

A nossa missão é informar para transformar.

(62) 98182-3830

(62) 99671-6111

 

Goiânia-GO

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

© 2015 Palestrante Julio Cesar - Todos os direitos reservados