Blog

  • Julio Cesar França Franco

líder -Ressonância e Dissonância

"Em qualquer grupo humano o líder tem o poder máximo de influenciar as emoções de todos.  Se as emoções das pessoas são empurradas para o espectro do entusiasmo,  o desempenho pode atingir as alturas; se forem conduzidas para o espectro do rancor e da ansiedade,  as pessoas vão estar com a cabeça longe dali. Isso aponta para outro aspecto importante da liderança primordial: seus efeitos não se limitam a garantir que o trabalho seja bem feito.  Os seguidores voltam seus olhos para o líder também em busca de um vínculo de apoio emocional - de empatia. Toda liderança inclui essa dimensão primal, para o bem ou para o mal. Quando conduzem emoções de forma positiva, os líderes trazem à tona o que todos têm de melhor.  Chamamos esse efeito de ressonância.  Quando dirigem as emoções negativamente,  os líderes geram

,  minando os alicerces emocionais que permitem às pessoas brilhar.  O destino de uma organização - se ela vai murchar ou prosperar  - depende,  em alto grau, da eficácia dos líderes nessa dimensão emocional primordial. O essencial para fazer a liderança primordial funcionar em proveito de todos está nas aptidões de inteligência emocional da liderança : em como os líderes lidam consigo mesmo  e com as suas relações. Os líderes que maximizam os benefícios da liderança primordial conduzem as emoções dos seus liderados no rumo certo."

95 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DA CALMA