Blog

  • Julio Cesar França Franco

DO QUE NÃO É IMPORTANTE

"

Atravessavam o deserto um administrador, um pintor, um poeta, e um crítico.

Certa noite, para matar o tempo, resolveram descrever o camelo que os acompanhava.

O administrador entrou na tenda; em dez minutos fez um relato objetivo sobre sua importância.

O poeta também usou dez minutos para descrever, em belos versos, a nobreza do animal.

O pintor, em traços rápidos, brindou seus amigos com um desenho.

Finalmente, o crítico entrou na tenda. Saiu duas horas depois, quando todos já se aborreciam com a demora. “Eu tentei ser rápido, mas descobri erros no animal”, disse o crítico. “Ele não corre. Ele é incômodo. Ele é feio”.

E estendeu um calhamaço de páginas para os amigos, intitulado: “O camelo perfeito, ou como Deus devia ter criado o camelo”.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo