A nossa missão é informar para transformar.

(62) 98182-3830

(62) 99671-6111

 

Goiânia-GO

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

© 2015 Palestrante Julio Cesar - Todos os direitos reservados

Blog

  • Julio Cesar França Franco

A MELHOR HISTÓRIA SOBRE O BAMBU

A História do bambú

"As vezes não basta entregarmos a nossa beleza, força e conhecimento. Precisamos também dedicar o nosso coração."

O senhor das terras do leste foi ter uma conversa com o bambu.

Lá chegando, viu que ele era enorme, verde, forte e absoluto.

Ajoelhou-se perante o bambu mais forte, grosso e viçoso e disse em tom firme: - Bambu, és meu amigo, meu irmão e meu aliado?

- Sim, mestre!

- Bambu, eu preciso cortar a tua carne!

- Sim mestre, corte-me as folhas!

- Bambu, eu preciso cortar sua cabeça e pernas pois preciso de teu corpo!

- Se assim desejas, pode podar-me e arrancar-me do solo, meu senhor!

- Preciso agora dividi-lo ao meio e retirar os teus ossos!

- Pois bem, meu senhor, corte-me ao meio e retire de mim os elos e me deixe por inteiro, oco.

- Bambu, tu és forte e corajoso? Tu és humilde?

- Sim, mestre; é como sou! Floresço, cresço rápido, faço com que o vento sussurre por entre minhas flores, sirvo de morada para alguns animais, e sinto que devo servir a vós!

- Pois bem, bambu. Quero a maior parte de você agora. Quero o seu coração!

- Mestre, já cortou a minha carne, separou meus membros, partiu-me e drenou minhas forças. Agora estou morto e vossa senhoria quer meu coração? Se é de sua vontade, que assim seja feito.

O mestre então, disse: - Vou levar-te daqui, separar-te em pequenas partes e estendê-lo pelo vale. Você nunca mais verá teus amigos e ficará só, sujeito ao sol, a chuva e a acção do tempo.

O bambu emudeceu e a vontade do mestre foi cumprida.

O mestre uniu as partes do bambu, fazendo uma grande calha que levaria a água do rio até a parte que sempre era assolada pela seca.

Concluída a sua engenharia, meses depois o solo floria com variadas espécies de hortaliças, flores e frutos.

O vale seco e triste, agora e lindo e cheio de vida.

O mestre, feliz, ajoelha-se então a calha feita com o bambu e diz: - Meu amigo, entendeu agora porque eu precisava mais que tudo de seu coração?

O bambu que permaneceu calado durante os meses, agora cheio de felicidade, vendo que ali estava o seu coração junto com o de seu mestre, soube que sem ele nada daquilo possível.

Com o seu coração fez brotar vida e vida em abundância...


29 visualizações