Blog

  • Julio Cesar França Franco

5 principais erros de um mau gestor: evite as características de um mau líder!



"De acordo com uma pesquisa feita pela Gallup — empresa de pesquisa de opinião estadunidense — 70% da motivação do empregado é influenciado pelo seu gerente.

Por isso, é muito importante conhecer as características de um mau líder para não reproduzir esse comportamento.

Confira abaixo alguns dos principais erros cometidos por eles e saiba a diferença entre bom líder e mau líder. Afinal, com qual deles você quer parecer? Um “chefe” ou um líder de verdade?

1. Sobrecarregar o colaborador

Existem duas possibilidades: o colaborador pode estar sendo sobrecarregado com tarefas que são ou não de sua responsabilidade.

  • No primeiro caso, é comum vermos talentos com alto desempenho que são praticamente punidos por trabalharem bem. Seus gerentes querem alcançar um alto nível de produtividade no trabalho e colocam mais responsabilidades do que eles podem aguentar, o que gera grande desmotivação.

  • No segundo caso, o colaborador acaba ficando responsável por tarefas as quais ele não foi contratado para executar, como atividades de outros departamentos e cargos. Essa situação pode ocorrer, por exemplo, após um enxugamento da equipe e tem consequências graves. O colaborador se sente desmotivado, injustiçado e explorado.

Portanto, se você acha que um funcionário consegue trabalhar mais de forma saudável, reconheça-o aumentando seu status na empresa, com promoções, bonificações ou mudança de título.

2. Não reconhecer bons trabalhos

Esta é outras das típicas características de um mau líder.

Reconhecer os acertos e o bom trabalho da sua equipe é algo simples e que traz grandes resultados. Todos gostamos de ter nossos esforços reconhecidos, e um simples cumprimento do gerente mostra que ele se importa e que seu trabalho está sendo relevante.

Ao não mostrar entusiasmo ou satisfação com o bom trabalho da equipe, não haverá motivação e empolgação com os resultados!

Portanto, invista não somente nos feedbacks negativos e mostre ao time que o trabalho de cada um deles é essencial para o sucesso da empresa.

Saiba mais: O que pesquisas dizem sobre programa de reconhecimento de funcionários

3. Não ter características de liderança

Um dos maiores erros de gerentes ruins é serem chefes ao invés de líderes. Uma pessoa com espírito de liderança tem o poder de inspirar as pessoas e trazê-las para o seu lado.

Elas se importam com as opiniões da equipe, estimulam a criatividade, são acessíveis e passam confiança e segurança em todas as situações.

Por outro lado, um chefe que microgerencia e manda em seus empregados, que não se mostra disposto a ensinar ou escutar faz com que a motivação caia drasticamente.

Seus melhores funcionários e talentos irão identificar rapidamente este tipo de mau gestor e seu gerente e irão para outro lugar que os dê a oportunidade de crescimento a qual eles estão à procura.

Não sabe o que é microgerenciamento? É simples! Clique aqui e leia sobre o assunto

4. Não ter inteligência emocional

Bons gerentes não são construídos apenas por conhecimentos acadêmicos e profissionais. O termo inteligência emocional, constantemente abordado nos últimos tempos, é uma das habilidades principais que deve ser desenvolvida pelo gestor.

E, obviamente, não se encontra entre as características de um mau líder.

A inteligência emocional se resume em ter autoconhecimento das suas próprias emoções e saber como utilizá-las para agir de maneira coerente e racional. É compreender suas emoções e a dos outros ao redor para fazer um bom trabalho.

Quando o gerente não consegue controlar suas próprias emoções e não reconhece a importância das mesmas nos outros ao redor, a resolução de problemas e a convivência diária se torna cada vez mais difícil.

Portanto, é imprescindível que um gerente tenha autocontrole e empatia para entender as situações e lidar com elas da melhor maneira. Caso contrário, estará se comportando como um mau gestor.

5. Não deixar os empregados seguirem suas paixões

Seus talentos podem até ser pessoas superdotadas, mas, na maioria das vezes, elas só são apaixonadas pelo que fazem. E é exatamente por isso que elas fazem tão bem. E saber aproveitar esses talentos é uma das características que diferencia um bom líder de um mau líder.

Portanto, uma das piores atitudes que um gerente pode ter é minar esta paixão da sua equipe.

Seus empregados precisam de incentivos para progredir em seus trabalhos. Por isso, é importante focar no que eles gostam de fazer e investir em seus talentos com cursos, palestras etc.

Deixá-los sem feedbacks, sem desafios e presos dentro do escritório trabalhando repetitivamente não irá funcionar.

Se um profissional se interessa por outra área da empresa, por exemplo, você deve dar a ele a oportunidade de experimentar. Um bom gerente foca no desenvolvimento profissional da sua equipe, independentemente de ela continuar na sua área ou não.

Dessa forma, foque no sucesso da empresa como um todo deixando seus funcionários felizes e constantemente apaixonados pelo que fazem."

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DA LUTA